sábado, 8 de março de 2014

SP registra mais um atentado contra casa de policial no interior

Terra / Chico Siqueira
07 de Março de 2014•21h57

Mais um ataque com bomba incendiária foi registrado pela polícia no interior de São Paulo, aumentando para 20 os incêndios criminosos registrados na região desde a noite de domingo. Desta vez, o alvo foi a residência de um casal de policiais, de Penápolis, a 490 quilômetros da capital paulista, atingida na noite de quinta-feira por um coquetel molotov arremessado por ocupantes de uma motocicleta.

De acordo com o boletim de ocorrência divulgado nesta sexta-feira pela Secretaria de Segurança Pública, o fogo danificou o beiral do telhado e chamuscou telhas, madeira e parte do piso da residência, localizada no jardim Santa Terezinha. O estrago só não foi maior porque o vizinho conseguiu retirar o extintor do carro e apagar as chamas a tempo de evitar que se espalhassem pelo telhado.

A casa pertence a um cabo da PM, casado com uma investigadora da Polícia Civil. A família estava no imóvel, e ouviu uma explosão seguida de barulho de motocicleta.

Penápolis fica próxima a Promissão, cidade onde bombas incendiárias foram arremessadas contra uma base da Polícia Militar e contra a casa de um policial rodoviário na segunda e terça-feira, respectivamente. Em Promissão, sete veículos foram queimados, dentre eles três ônibus e dois caminhões. Nesta mesma semana, um policial de Santa Cruz do Rio Pardo teve o carro destruído por incêndio causado por coquetel molotov jogado na garagem da casa do vizinho, onde o veículo estava guardado.

Agora são 20 os incêndios criminosos registrados pela polícia no interior de São Paulo: Promissão (9), Assis (3), Bauru (2), Araçatuba (2), Avanhandava (1), Penápolis (1), Ourinhos (1) e Santa Cruz do Rio Pardo (1).

De acordo com a Polícia Civil, os atentados não têm relação com o crime organizado. Apesar disso, a Polícia Militar continua a divulgar, no sistema de comunicação da corporação, mensagem pedindo atenção aos policiais nas abordagens, tendo em vista os atentados e informações de que o Primeiro Comando da Capital (PCC) poderia praticar ataques contra prédios públicos e forças de segurança no decorrer dos próximos dias.
http://noticias.terra.com.br/brasil/policia/sp-registra-mais-um-atentado-contra-casa-de-policial-no-interior,0722db7352f94410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html

Nenhum comentário: