quarta-feira, 5 de março de 2014

Rússia diz que vai retaliar se EUA adotarem sanções

Terra / Reuters
04 de Março de 2014•16h23

Alexander Lukashevich disse em comunicado que a Rússia "terá de responder" caso os EUA adotem sanções, mas não revelou nenhuma medida possível

A Rússia afirmou nesta terça-feira que vai retaliar se os Estados Unidos adotarem sanções devido às ações de Moscou na Ucrânia.

"Teremos que responder. Como sempre em tal situação, provocada por ações apressadas e irresponsáveis de Washington, destacamos: essa não é nossa escolha", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Alexander Lukashevich, em comunicado.

"Explicamos frequentemente aos norte-americanos (...) porque sanções unilaterais não se encaixam nos padrões de relações civilizadas entre Estados", disse o porta-voz.

Lukashevich não descreveu nenhuma medida que Moscou possa impor em retaliação, mas disse que a resposta russa não vai necessariamente refletir as sanções norte-americanas.

O Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA está consultando a administração do governo americano sobre possíveis medidas, incluindo proibições de vistos e congelamento de ativos de pessoas, suspensão da cooperação militar e sanções econômicas.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, que está em Kiev, disse nesta terça-feira que condena o "ato de agressão" da Rússia na Ucrânia e disse que Moscou, que tomou o controle da região da Crimeia, está buscando um pretexto para invadir mais o país.
http://noticias.terra.com.br/mundo/europa/,11097195f2e84410VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html?fb_ref=FBRecommPluginTerra

Nenhum comentário: