quinta-feira, 6 de março de 2014

Ministro da Ucrânia: referendo na Crimeia é inconstitucional

Terra / Reuters
06 de Março de 2014•09h28 • atualizado às 09h29

O ministro da Economia reiterou a posição do governo em relação à decisão de novos líderes da Crimeia de realizar um referendo em 16 de março

O ministro da Economia da Ucrânia afirmou nesta quinta-feira que um referendo sobre o status da Crimeia, planejado por líderes pró-Rússia na região, é ilegal.

"Minha posição é que este referendo é inconstitucional", disse o ministro Pavlo Sheremeta a jornalistas na capital Kiev, reiterando a posição do governo em relação à decisão de novos líderes da Crimeia de realizar um referendo em 16 de março.

O vice-presidente do Parlamento regional na Crimeia afirmou que o referendo deve perguntar aos eleitores se eles querem fazer parte da Federação Russa.

Nesta quinta-feira, o Parlamento da Crimeia votou unanimemente a favor de se tornar parte da Rússia e anunciou um referendo em 16 de março na península ucraniana para validar o pedido.
http://noticias.terra.com.br/mundo/europa/ministro-da-ucrania-referendo-na-crimeia-e-inconstitucional,c0a77195f2e84410VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

Nenhum comentário: