quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O silêncio de Lula

Resenha EB / Folha de São Paulo / Rogério Gentile
06 Fev 2014

SÃO PAULO - As diversas demonstrações de solidariedade do PT não foram suficientes para eliminar, entre alguns mensaleiros e seus familiares, um certo ressentimento para com a conduta de Lula e de Dilma nestes anos todos.

Lula prometeu lá atrás que iria desmontar o que chamou de farsa do mensalão, mas nunca disse uma palavra além disso. Sempre que é questionado sobre a prisão dos colegas, o máximo que se permite afirmar é que algum dia falará algumas coisas sobre o assunto.

Dilma nem isso. Na comemoração da Proclamação da República, enquanto Dirceu, Genoino e companhia aguardavam o cumprimento dos seus mandados de prisão, fez questão de divulgar uma mensagem na qual afirmava que cabe à presidente "combater a corrupção". O instinto de autopreservação de Dilma, claro, falou mais alto.

Coube aos deputados Rui Falcão, André Vargas e a outros soldadinhos de chumbo de Lula o papel de passar a mão na cabeça dos condenados e agradar à parcela mais inflamada do petismo. Eles promovem vaquinhas, levantam o punho fechado para o alto e farão tudo o que a criatividade teatral lhes permitir para politizar o episódio e para tentar fazer prevalecer a versão de que os mensaleiros são vítimas de uma perseguição individual do presidente do STF, Joaquim Barbosa, devidamente apoiado pela "elite suja". Aliás, será que o fujão Pizzolato vai merecer também algum tipo de homenagem do partido?

A divisão de tarefas, no entanto, com o silêncio de Dilma e de Lula, serve muito mais para contemplar objetivos políticos do PT do que para desagravar e reconfortar os condenados. Se dependesse exclusivamente da vontade do ex-presidente, de acordo com o elegante conselho que ele deu recentemente a um ex-ministro acusado de corrupção, todo o episódio do mensalão, da compra de apoio político pelo seu governo, já teria saído pela urina.
http://www.eb.mil.br/web/imprensa/resenha?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-3&p_p_col_count=1&_56_groupId=18107&_56_articleId=4568335&_56_returnToFullPageURL=http%3A%2F%2Fwww.eb.mil.br%2Fweb%2Fimprensa%2Fresenha%3Fp_auth%3DHoM7h8zk%26p_p_id%3Darquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d%26p_p_lifecycle%3D1%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-3%26p_p_col_count%3D1%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_mes%3D2%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_ano%3D2014%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_data%3D06022014%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_javax.portlet.action%3DdoSearch#.UvPUfmJdVIU

Nenhum comentário: