sábado, 8 de fevereiro de 2014

Lula critica ministros do STF: se quer fazer política, entre em partido

Terra
08 de Fevereiro de 2014•17h30 • atualizado às 19h41

Ex-presidente participou do início das caravanas para apoiar a candidatura ao governo do Estado de São Paulo do ex-ministro de Saúde Alexandre Padilha

O ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva criticou neste sábado a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) durante discurso em evento do Partido dos Trabalhadores (PT) em Ribeirão Preto (SP).

"O papel de um ministro de uma suprema corte é falar nos autos do processo", disse Lula, sem citar nome de nenhum ministro. "Se quer fazer política, entre para um partido."

O ex-presidente também disse que o PT "está sofrendo porque tem companheiros presos". Novamente, Lula não citou nomes. Os petistas José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares e João Paulo Cunha estão presos após serem condenados pelo STF no processo do Mensalão.

Lula participou do início das caravanas para apoiar a candidatura ao governo de São Paulo do ex-ministro de Saúde Alexandre Padilha. O PT nunca governou o Estado, comandando hoje pelo PSDB com Geraldo Alckmin, que busca a reeleição e é o favorito nas últimas pesquisas de intenção de voto, do fim de 2013.

Durante a inauguração da caravana, Lula alfinetou a oposição em São Paulo ao dizer que o tucano, símbolo do PSDB, é um "animal predador". "Os tucanos não brincam em serviço, porque ninguém tem um bico daquele tamanhão à toa", afirmou Lula. Padilha, que ainda não é oficialmente candidato até acontecerem as convenções partidárias, reforçou o coro e disse que o tucano "tem um voo lento e não voa alto". "São Paulo precisa de uma estrela, porque os tucanos podem voar, voar e não alcançar nossa estrela", disse o ex-ministro.

(...)
http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/julgamento-do-mensalao/lula-critica-ministros-do-stf-se-quer-fazer-politica-entre-em-partido,98c299a90b504410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html


Nenhum comentário: