sábado, 18 de janeiro de 2014

Jovens marcam 'rolezinhos' em parques; shoppings conseguem liminar

Folha de São Paulo
17/01/2014 21h36

DE SÃO PAULO

Após tumultos e liminares da Justiça, jovens estão organizando novos "rolezinhos" em parques da região metropolitana de São Paulo neste final de semana. Os eventos, organizados pelas redes sociais, tinham se concentrado, até então, em shoppings.

No sábado (18), são previstos encontros no parque Ibirapuera (zona sul), a partir das 14h, e no parque do Carmo (zona leste), a partir das 14h30. No primeiro, mais de 2.900 pessoas já tinham confirmado a presença até a noite desta sexta-feira na página do Facebook.

Já em cidades da Grande São Paulo, jovens marcaram nos "rolezinhos" no parque Max Feffer, em Suzano, a partir das 15h30 de sábado, e no Bosque do Maia, em Guarulhos, previsto para as 15h30 de domingo (19).

Outros "rolezinhos" também estão sendo organizados pelas redes sociais para ao menos quatro shoppings da capital paulista -JK Iguatemi, Metrô Tatuapé, Boulevard Tatuapé e Center Norte- neste final de semana. Todos os centros comerciais, porém, conseguiram liminares na Justiça.

Na decisão que favorece os dois shoppings da região do Tatuapé, o juiz Luis Fernando Nardelli, da 3ª Vara Cível, afirma que "é cediço que a liberdade de expressão prevista na constituição não abarca a violência, tampouco prejuízo aos usuários e aos outros lojistas. É de rigor estabelecer o limite e impedir a aglomeração de pessoas cujo objetivo precípuo é a realização de tumulto e vandalismo".

A decisão abrange a parte interna e externa, incluído estacionamento, sob pena de R$ 10.000 por dia a ser aplicada a cada manifestante identificado. A mesma multa foi definida para as pessoas que forem flagradas em tumultos nos shoppings JK Iguatemi e Center Norte.

O Complexo Comercial Tatuapé, que inclui os dois shopping da zona leste afirmou em nota que "vem adotando medidas preventivas, inclusive judiciais, para garantir a segurança e o bem-estar de seus clientes, lojistas e colaboradores".

Já a assessoria do Center Norte afirmou que não vai fechar e não vai restringir a entrada de nenhum visitante ao centro comercial. Ela afirmou que grupos de jovens já se encontram no estacionamento do local às sextas-feiras e destacou que a liminar tenta evitar atos de vandalismo e tumultos no local.

Na quinta-feira, os shoppings Campo Limpo e Jardim Sul, na zona sul de São Paulo, fecharam as portas no final da tarde com medo do "rolezão" organizado por movimentos de sem-teto. A shopping do Campo Limpo chegou a conseguir uma liminar na Justiça para evitar o evento.
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/01/1399419-jovens-marcam-rolezinhos-em-parques-shoppings-conseguem-liminar.shtml

Nenhum comentário: