quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Dilma nega preterir portos no Brasil por crédito para Cuba

Resenha EB / Folha de São Paulo / PATRÍCIA CAMPOS MELLO
29 Jan 2014

Diplomacia

DE HAVANA - A presidente Dilma Rousseff negou ontem que esteja concedendo crédito para melhorar a infraestrutura em Cuba enquanto os portos brasileiros precisam de serviços de manutenção.

"Nós continuamos fazendo investimentos no Brasil na área de portos. O Brasil financiou o porto de Mariel, mas quem forneceu bens e serviços foram empresas brasileiras. Isso leva ao fortalecimento dos países. É um processo de ganha-ganha. Cuba ganha, e o Brasil também", afirmou Dilma, em entrevista coletiva no hotel em que estava hospedada durante a cúpula da Celac, em Havana.

Ela rebateu as críticas à decisão de conceder um total de R$ 2,6 bilhões de crédito para a construção do porto cubano.

"Isso não significa que não estejamos investindo no Brasil em portos. É uma visão pequena não perceber a natureza estratégica desse investimento."
http://www.eb.mil.br/web/imprensa/resenha?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-3&p_p_col_count=1&_56_groupId=18107&_56_articleId=4532554&_56_returnToFullPageURL=http%3A%2F%2Fwww.eb.mil.br%2Fweb%2Fimprensa%2Fresenha%3Fp_auth%3DNdtHn2zQ%26p_p_id%3Darquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d%26p_p_lifecycle%3D1%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-3%26p_p_col_count%3D1%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_mes%3D1%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_ano%3D2014%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_data%3D29012014%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_javax.portlet.action%3DdoSearch#.UuojaT1dVIU

Nenhum comentário: