sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Brasil está fora da agenda mexicana de acordos

Resenha EB / Estadão.com.br
24 Jan 2014

DAVOS

O governo brasileiro terá de ser mais ambicioso, mais ousado e menos protecionista, se quiser aprofundar a integração comercial com a segunda maior economia latino-americana, o México. A prioridade mexicana na América do Sul é aproveitar como plataforma a Aliança do Pacífico, formada em parceria com a Colômbia, o Peru e o Chile.

O governo mexicano poderá negociar acordos de livre comércio com parceiros dispostos a seguir os padrões de abertura e integração internacional da Aliança, disse ao Estado o presidente Enrique Pena Nieto. Brasil e Mercosul, explicou, estão fora desses padrões.

Brasil e México têm apenas um acordo de complementação econômica, de alcance limitado e apenas suficiente para sustentar em 2013 uma corrente de comércio de US$ 10 bilhões, 2,3% das transações brasileiras.

No ano passado os exportadores nacionais venderam ao mercado mexicano produtos no valor de US$ 4,23 bilhões, 1,7% da receita comercial de US$ 242,2 bilhões.

Nafta. Ao falar do comércio e dos planos de integração internacional, o presidente mexicano mencionou duas plataformas, o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), em vigor há 20 anos, e a Aliança do Pacífico. As prioridades são acordos com parceiros da Europa e da área do Pacífico.

Suas referências à América Latina incluíram a América Central e os três sócios sul-americanos da Aliança. Não foram além disso.

Parte importante de sua agenda interna consiste em medidas de liberalização - como a abertura do setor do petróleo ao capital privado, sem abandono da propriedade estatal das reservas. São medidas compatíveis com uma política de maior integração internacional, /r.k.

Prioridades
As prioridades do governo mexicano são acordos com parceiros da Europa e da área do Pacífico.
http://www.eb.mil.br/web/imprensa/resenha?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-3&p_p_col_count=1&_56_groupId=18107&_56_articleId=4502283&_56_returnToFullPageURL=http%3A%2F%2Fwww.eb.mil.br%2Fweb%2Fimprensa%2Fresenha%3Fp_auth%3DkAyJlvH8%26p_p_id%3Darquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d%26p_p_lifecycle%3D1%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-3%26p_p_col_count%3D1%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_mes%3D1%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_ano%3D2014%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_data%3D24012014%26_arquivonoticias_WAR_arquivonoticiasportlet_INSTANCE_UL0d_javax.portlet.action%3DdoSearch

Nenhum comentário: