sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Brasil taxa China, Tailândia, Vietnã e México

Clipping MP / O Globo / Cristiane Bonfanti
- 19/12/2013

País também começa a preparar retaliação contra EUA por algodão

-BRASÍLIA- O Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou ontem a aplicação de dois novos direitos antidumping considerados definitivos — por até cinco anos. O primeiro é para as importações brasileiras de pneus novos de borracha, diagonais, usados em motocicletas. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o direito antidumping será aplicado nas importações da Tailândia, da China e do Vietnã.

As taxas variam de US$ 1,80 a US$ 7,79 por quilo, conforme o país e o produtor. Também foi aprovada a aplicação de direito antidumping por cinco anos para as importações brasileiras de refratários básicos, originárias da China e do México. Neste caso, a alíquota varia de US$ 277,66 a US$ 536,52 por tonelada. Nos dois casos, investigação do Departamento de Defesa Comercial da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do MDIC comprovou que as exportadoras vendiam seus produtos para o Brasil a preços inferiores aos praticados no mercado de origem.

A Camex também decidiu reiniciar; a partir de janeiro, as consultas públicas sobre retaliação em propriedade intelectual contra os EUA, no âmbito do contencioso do algodão. As consultas são preparatórias para eventual retaliação. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) apoiou a decisão.
http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2013/12/19/brasil-taxa-china-tailandia-vietna-e-mexico/?searchterm=

Nenhum comentário: